Marketing

Pilares de construção da sua marca

Ser lembrado, ter a confiança dos consumidores, espaço nas lojas, na mídia, uma base forte em caso de crises: as vantagens de possuir uma marca forte são incontáveis e de valor incalculável.

E a boa notícia é que uma marca forte não está ao alcance apenas de grupos e empresas de grande porte ou com anos de tradição. Start-ups, empreendimentos recentes e de pequeno porte, empresas familiares simples, e-commerce, entre outros negócios, também podem contruir uma marca memorável. Basta investir em uma boa estratégia, passo a passo, e zelar por esse que pode ser um dos seus maiores bens intangíveis.

Para ajudá-lo a começar, separamos alguns passos essenciais para a construção da sua marca. Vamos Avanti?

O sonho

Tudo começa com o sonho. E não poderia ser diferente para as marcas. Quando você criou a sua – ou se está nesta etapa atualmente – você tinha uma ideia do que ela seria, qual seria a definição base do seu negócio. Por exemplo: uma marca de doces caseiros com ar familiar e de alta qualidade ou um restaurante de alimentos orgânicos, que serve apenas produtos frescos e de origem regional.

Comece relembrando ou definindo bem o que você imagina que a sua marca será no futuro. Nesta fase, é interessante deixar de lado as questões práticas – se não houvesse limites e seu negócio pudesse se tornar qualquer coisa, o que ele seria?

A pequisa

Com o sonho em mente, é hora de começar a tatear o chão e encontrar as ferramentas que vão aproximá-lo ao máximo dele. Aqui, entram as questões práticas, como viabilidade do negócio, características do mercado, concorrência. Entre todos esses fatores, um se destaca: o seu público alvo. É você quem dará os passos iniciais, mas, fundamentalmente, é seu público que constrói a imagem da sua marca.

E sua influência é tão grande que é capaz de mudar o rumo de alguns negócios. Você provavelmente conhece pequenas empresas que abriram com uma proposta, mas acabaram sendo obrigadas a mudá-la por causa do uso que o público encontrou para elas: uma padaria que virou café colonial, um açougue que virou mercearia, entre outros.

Grandes empresas também estão continuamente mudando para atender às exigências de seu público. A Coca-Cola, por exemplo, de olho na preocupação crescente do seu público com uma alimentação saudável, vem adquirindo cada vez mais produtos como chás, sucos e água, e já chegou a lançar em alguns países a Coca-Cola Life, uma versão que promete ser menos prejudicial do que os refrigerantes comuns, adoçada com cana-de-açúcar e stevia.

Por isso, atenção especial a esta fase. Procure toda informação relevante para a construção da sua marca, coloque-as frente à frente com aquele sonho que definimos anteriormente, descubra o que é viável, o que pode ser mudado, que oportunidades podem ser aproveitadas. É desse cruzamente de dados que vai nascer a semente da sua marca.

O produto

Nenhum bom trabalho de construção de marca salva um produto ou serviço de má qualidade. Por isso, antes de passar para as próximas etapas, certifique-se de que o que você oferece está alinhado com a sua proposta. Se você vende roupas dizendo que são resistentes e elas rasgam nas primeiras semanas de uso, seu público vai perceber. Se seu restaurante vende pratos requintados mas entrega alimentos de qualidade duvidosa, ele vai perceber. Se sua clínica estética oferece tratamentos milagrosos, mas eles não funcionam, ele vai perceber.

Nenhuma marca constrói uma base forte se ela for amparada por mentiras. Seus consumidores vão perceber e fatores como esse podem ser extremamentes prejudiciais para a marca. Seja coerente. Não há nada de errado em vender produtos de qualidade inferior, desde que esteja claro que seu foco é o preço baixo, por exemplo, e não a qualidade.

A forma

Agora que a sua marca já possui uma identidade – resultante do cruzamente entre o seu sonho e a realidade do mercado – é hora de dar forma a ela. Nesta fase, você vai escolher desde a identidade visual da sua marca aos seus principais valores, missão e visão.

Lembre-se sempre de definir esses fatores de olho nos seus objetivos para o futuro e com a imagem da marca que você deseja construir em mente. Cada ação deve estar alinhada a essa imagem.

Se você tem uma marca de doces caseiros e quer passar uma imagem familiar, de qualidade e tradição, não adianta criar uma logo com cores vivas, usar uma linguagem excessivamente coloquial ou embalagens ruins. Escolha uma logo, cores, ingredientes, materiais e uma estratégia de comunicação alinhados com sua proposta, pois qualquer item que passe uma mensagem diferente da que você deseja passar pode criar confusão e desconfiança para o consumidor, sentimentos que enfraquecem a marca.

Anote: quanto mais coerente e fiel à sua proposta for sua marca, mais credibilidade ela terá e, consequentemente, mais força.

A diferenciação

Tão importante quanto ter uma personalidade marcante, é ter um atributo diferenciador. São raríssimos os negócios que estão sozinhos em sua luta; você sempre terá um concorrente.

Por que o consumidor deveria escolher você?

Isso é diferenciação. Encontrar aquela característica única, que, aos olhos do consumidor, é uma grande vantagem e agrega valor à sua marca. Podemos encontrar muitas marcas de doces caseiros, mas se a sua tiver receitas exclusivas, por exemplo, você sairá na frente. O mesmo acontece para qualquer negócio. Existem muitas lojas de material de construção, mas se a sua oferecer consultoria gratuita para reformas e construção, por exemplo, ela será diferenciada.

A diferenciação pode beneficiar imensamente a sua marca e garantir que ela seja lembrada e indicada. Encontre esse talento especial e invista nele.

A ativação

Você já sabe qual é sua marca, o que o mercado espera dela e o que ela pode oferecer de melhor para ele. Agora, é hora de ir para a rua. Quem não é visto, não é lembrado, por isso, se você ainda não lançou sua marca no mercado, separe um tempo para traçar sua estratégia: você vai fazer anúncios? Estar ativamente presente nas redes sociais? Vai investir na propaganda boca a boca?

Se sua marca já está no mercado, é interessante estar sempre atento a esse fator também. Renove suas estratégias de divulgação continuamente, procure estar sempre na lembrança de seus consumidores – sem exageros! É importante ser lembrado como uma marca interessante e não como spam.

Hoje, com a internet, esse trabalho de divulgação ganhou uma ferramente poderosa e acessível para empresas de qualquer porte. Aproveite! Invista em um bom site e esteja presente nas redes sociais de maneira profissional e constante, é importante ter esses canais sempre atualizados e com conteúdo de qualidade. Explore também a mídia online, os anúncios patrocinados em redes sociais e mecanismos de busca, que oferecem preços acessíveis, boa visibilidade e um público qualificado.

Esteja presente. Seja útil, acessível e amigável com seu consumidor. Essa permanência em seu dia a dia ajuda a fortalecer a marca com constância e eficácia.

O relacionamento

Mais do que estar presente, é preciso se relacionar com os consumidores. O atendimento ainda é um dos pilares mais fortes de sustentação das marcas. Quantas pessoas você conhece que deixaram de frequentar um lugar por serem mal atendidas?

As ferramentas que você tem a disposição para se relacionar bem com seus clientes são inúmeras. Invista em treinamentos para a sua equipe, para que ninguém seja atendido com falta de educação ou prestatividade, crie canais de comunicação, como e-mail, telefone, redes sociais, SAC, entre outros (e use-os!), crie conteúdo de qualidade para a web, bole programas de fidelidade, compras personalizadas, entre outras estratégias. A palavra de ordem hoje é conversar.

A entrega

Sua marca já nasceu, cresceu e agora está ativa no mercado. Não despedice todo esse trabalho: entregue o que você se propõe a entregar. Seja confiável, constante e coerente sempre. E não fraqueje – calcule cada passo e cada ação para que eles estejam sempre de acordo com o seu trabalho de branding, a imagem que você deseja manter e passar para o seu público-alvo. Esse trabalho deve ser contínuo.

É difícil confiar em marcas que mudam o tempo todo, mentem, não trabalham com transparência. Seja o oposto disso. Seja uma marca forte!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado.Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade.
Nunca enviamos spam!