Branding

Mitos e verdades sobre Branding

Quando você ouve falar em marcas, quais vêm de imediato a sua cabeça? É bem possível que grandes nomes da indústria, do comércio e da área de serviços, como a Apple, o McDonalds e a Coca-Cola, certo? Estas empresas trabalham fortemente a gestão de suas marcas (campanhas de branding), indo além apenas do trabalho em prol do aumento do consumo de suas mercadorias, mas entregando valor e proporcionando experiências únicas e memoráveis aos clientes.

Estamos falando sobre branding, ou gestão de marcas: um conjunto de ações estratégicas que objetivam não apenas dar visibilidade a uma empresa e suas marcas, mas trabalhar para que a percepção do consumidor em relação a ela seja associada aos valores e objetivos estratégicos de mercado.

Para as empresas que desejam investir na imagem e reputação de suas marcas, contudo, muitas dúvidas e mitos acompanham a decisão. Por isso, para que você entenda de uma vez por todas o que é ou não verdade sobre branding, selecionamos algumas das dúvidas mais recorrentes para esclarecê-las:

Branding e propaganda são a mesma coisa?

Mito! Branding, como explicamos, é um conjunto de ações que visam construir uma imagem e reputação para a marca com base em experiências proporcionadas. Ou seja, você pode até querer que a sua marca seja vista de uma determinada forma, mas quem decidirá por isso não é você, mas os seus clientes e a percepção deles em relação à sua marca. Só por isso você já percebe que o branding é completamente diferente da propaganda, que tem um cunho de vendas direto, por discursos curtos e imagens de impacto para o público certo, no canal certo.

Campanha de Branding

Por isso, se você está investindo em propaganda acreditando ser essa uma estratégia de construção e reputação da marca, é melhor rever seus conceitos e até mesmo procurar por profissionais que contribuam para os resultados da estratégia.

O branding pode ajudar a aumentar minhas vendas?

Isso não apenas é uma verdade, como gera inúmeros benefícios para as marcas. Além de auxiliar no aumento das vendas diretas e indiretas, o branding ainda ajuda a fidelizar clientes e, consequentemente, a reduzir os investimentos com publicidade, propaganda, dentre outras ações de marketing. Isso porque seus consumidores passam a ser embaixadores da marca, defendendo-a em situações de crise e, claro, indicando-a a sua rede de contatos expontânea e gratuitamente.

Apenas grandes empresas podem, devem ou conseguem investir em branding?

Mito! Mito! Mito! Apesar de ser um trabalho um pouco mais demorado para se perceber e mensurar um ROI (Retorno sobre o Investimento) atraente aos olhos de diretores e pessoas de maior peso nas decisões da empresa, é preciso entender que o branding se trabalha nos mínimos detalhes: desde a ambientação de um ponto de vendas até o discurso de relacionamento da marca com seus consumidores. Sim, com um bom orçamento você pode ousar e acelerar os resultados, mas não é isso que determinará o sucesso da construção da imagem e reputação da sua marca.

A sua dúvida não foi respondida e você continua sem saber se ela se trata de um mito ou de uma verdade? Não se preocupe! Deixe um comentário no espaço abaixo ou entre em contato conosco. Além de esclarecê-las, podemos ajudá-lo com dicas e orientações importantes para o sucesso de seu negócio! Vamos Avanti?

banner2-postblog-15

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado.Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade.
Nunca enviamos spam!