Avanti, Social Media

Como escolher as mídias sociais mais adequadas para seu o seu e-commerce?

É cada vez mais difícil uma marca ou empresa manter-se ativa e gerar conteúdo qualificado dentro das mídias sociais. Eis uma verdade: as redes sociais finalmente acertaram a mão para faturar com anúncios, logo o alcance orgânico das marcas é reduzido para “incentivá-las” a investir em Adsense (posts patrocinados, dentre outros formatos). Neste sentido, passou a era do “estar em todas”, agora as empresas já devem começar a focar.

Neste post, preparamos um guia prático para ajudar você escolher as mídias sociais ideais para o seu negócio. Acompanhe!

escolher as mídias sociais Pense no seu público
A chave é escolher as mídias sociais que são relevantes para a sua base de clientes. Por exemplo, se sua base é composta de mulheres entre 25 e 50 anos, então o Pinterest deve ser incluído na sua estratégia de mídia social. Se seus produtos e serviços são mais B2B, o LinkedIn é uma escolha mais relevante. O Facebook deve ser incluído, independentemente do perfil de seus clientes, devido ao grande número de usuários, atualmente em mais de um 1,4 bilhão, pois é nele que as pessoas de todas as classes sociais, gêneros e idades estão.

Pense no seu negócio
Além de saber exatamente quem é o seu público e em quais redes sociais ele costuma se engajar mais, você também deve levar em conta as características do seu mercado de atuação na hora de escolher as mídias sociais adequadas. Por exemplo, se você trabalha com produtos de varejo, é interessante prestar atenção no Instagram. Esta rede social de imagens está em rápida ascensão (mais de 300 milhões de usuários em todo o mundo, de acordo com o Pew Research Center) e nela você pode publicar fotografias dos seus produtos com pequenas legendas e hashtags que as façam chegar mais longe – não esqueça de fazer chamadas para a ação e indicar o endereço da sua loja virtual.

Que tal trabalhar com vídeos?
Do início da leitura deste post até aqui, mais de 200 vídeos foram inseridos na plataforma YouTube. Isso porque, de acordo com a própria rede social, são cerca de 100 uploads por minuto no Brasil. O país é o segundo maior em números de visualização no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Agora, como saber se produzir vídeos é uma boa estratégia para o seu e-commerce? É simples. Assim como o Facebook, o YouTube é o local onde as pessoas vão para consumir conteúdo em vídeo. Se os vídeos forem bem produzidos, eles serão vistos. Você pode fazer reviews de produtos, dar dicas, apresentar ofertas etc. Opte por vídeos curtos com descrições que contenham palavras-chave, e libere o campo de comentários para permitir que as pessoas deixem suas opiniões.

Twitter se mantém ativo e perseverante
Houve um tempo em que os social medias disseram que a era de ouro do Twitter já havia passado. Não é o que parece. O microblog continua fortíssimo, inclusive melhorando sua política para evitar perfis fakes. O Twiitter é ainda o principal termômetro dos assuntos mais comentados na web (lembra que foi ele o precursor da hashtag?).

O Twitter cai como uma luva para lojas virtuais que vendam diretamente ao consumidor final (B2C). Até pode ser utilizado para os negócios B2B, porém terá um menor efeito. Nesta mídia social é possível propagar os conteúdos do blog, anunciar ofertas, chamar atenção para promoções, anunciar novidades, dar dicas de ‘como fazer’ etc.

Google + substitui o Facebook?
O Google + (Google Plus) vem crescendo de uma forma discreta. Já em 2013, a Global Web Index anunciava que a rede social havia se tornado a segunda maior do mundo, ultrapassando o Twitter.

É importante perceber que, apesar de parecer com o Facebook, o Google + deve ser visto pelas empresas como uma rede à parte. Ela é recomendável para empresas que têm um tom de voz mais formal, mais sério. Se o seu e-commerce se encaixa neste perfil, vá em frente. A dinâmica do Google + é muito parecida com a do Facebook. Prepare chamadas instigantes, fazendo link para a loja virtual ou para o blog da loja e inclua uma imagem ou um vídeo para que o post se destaque na timeline.

Diz aí, como está a estratégia de posicionamento da sua marca nas mídias sociais? Essa dicas foram úteis para você? Deixe seu comentário!escolher as mídias sociais

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado.Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade.
Nunca enviamos spam!