Marketing Digital

Como chegar no topo da busca do Google?

Se você trabalha com marketing digital em qualquer nível de envolvimento, já deve ter ouvido falar que o SEO está morto. A frase não se propagou à toa. Ela foi dita por ninguém menos do que Matt Cutts, engenheiro do Google desde 2001 e atual cabeça responsável pelo “Google’s Webspam team”.

Realmente o Google tem investido pesado para acabar com o marketing “black hat” (aquele que simplesmente trabalha procurando brechas nos algoritmos dos mecanismos de busca procurando melhorar seu posicionamento), basta notar nos últimos anos o surgimento de novas ferramentas, como o Google Panda e o Google Pinguim. Porém, para os profissionais que trabalham com o marketing “white hat” (trabalho duro e investimentos em imagem e produção de conteúdo relevante), o SEO está longe de acabar.

Mas então como saber quais técnicas de SEO ainda funcionam e quais novas maneiras de fazer com que o Google me enxergue como alguém que merece o topo na tela do buscador? Uma dica nós até já demos acima, mas nos aprofundaremos a seguir. Utilizando técnicas corretas e relativamente simples, é possível chegar ao topo da busca do Google, sim.

Produza conteúdo relevante

Essa dica é a mais importante. Pode até demorar um pouco para dar resultado, mas é a mais perene e a que te deixará no topo por muito mais tempo. Como? A resposta é simples: se você tem os resultados mais completos para uma busca (e isso não quer dizer repetir dez vezes no texto a palavra que foi buscada), com o tempo vai passar a ser referência no assunto. Isso acontece naturalmente, pois quem vê o conteúdo e gosta tem muito mais chances de replicá-lo na rede. Ainda é importante sim ser citado por outras páginas da internet para conseguir audiência, o que não funciona é utilizar técnicas “black hat”, como citações fake em milhares de blogs replicadas em um curto período de tempo, por exemplo.

Repetir palavras-chave em textos do site: pode?

Pode, mas com parcimônia. O Google está cada vez mais esperto e vai te punir se você abusar das palavras-chave. Uma boa maneira de ser relevante sobre um assunto, além de utilizar nossa dica anterior, é utilizar a palavra-chave relacionada a ele no título do texto e até três vezes no conteúdo. E tem que estar totalmente dentro do contexto e não somente para “enxer linguiça”. A nova atualização do algoritmo do Google, chamada “Hummingbird” (beija-flor), consolidará a busca por contexto e não por repetições. É bom estar preparado.

Tenha um perfil no Google+

Como a rede social é integrada ao buscador, uma página de sua empresa nela aumenta consideravelmente suas chances de ser bem ranqueado pelo Google. Principalmente se a página for constantemente atualizada. É da página desta rede social que o Google vai buscar uma imagem da sua empresa para quem busca por ela – a imagem que aparecerá no canto superior direito do buscador, como mapas e links da Wikipédia. O Google também tem a opção de retirar de lá seu endereço e exibí-lo no mapa. Ou seja: esteja no Google+.

Passe seu sitemap ao Google

Essa é uma dica valiosa. Você pode enviar seu sitemap via webmaster tools para o Google, o que ajuda os mecanismos de pesquisa do buscador a indexar e categorizar seu site melhor. Confira o passo a passo indicado pelo próprio Google.

Esperamos que essas dicas ajudem você a chegar ao topo! Vamos Avanti?

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado.Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade.
Nunca enviamos spam!