Nós realizamos a transformação digital na sua empresa.
E-commerce, Marketing Digital

Checklist de SEO: veja como melhorar o posicionamento da sua loja virtual

No nosso dia a dia usamos o checklist em diversas situações: antes de viajar, no planejamento de um evento, nas tarefas pendentes do trabalho, na revisão do carro, enfim tem mil e uma maneiras de usá-lo. No marketing digital, ele é uma importante ferramenta para organizar o passo a passo de SEO e colocar o seu site no topo dos mecanismos de busca, como Google, Yahoo e Bing.

O checklist de SEO vai te ajudar a colocar a casa em ordem e aumentar suas chances de estar na primeira página das buscas. Mas, lembre-se sempre que isso nunca vai acontecer da noite para o dia. É necessário um trabalho contínuo e minucioso para melhorar o desempenho da sua loja online.

Agora, vamos ao que interessa? Confira o checklist de SEO!

1) Ferramentas

2) Google Search Console

  • Envie seu sitemap para o Google: sitemap (mapa do site) é um arquivo que lista todas as páginas que compõem o site. Esse arquivo serve, literalmente, como um mapa para o Google e os outros sites de busca. Para fazer isso, use a conta que você já tinha utilizado no Search Console.
  • Verifique erros de rastreamento com o Search Console: se os bots dos mecanismos de busca encontrarem erros no seu site, você terá problemas para indexá-lo ao sistema. É fundamental encontrar os erros antes para evitar falhas na sua estratégia de SEO.

3) Pesquisa de palavras-chave

  • Determine o volume de pesquisa gerado pelas palavras-chave que você escolheu e aproveite para ter novos insights: o “volume” de pesquisa nada mais é do que o número de vezes que a palavra foi pesquisada. O Planejador de palavras-chave do Google (gratuito) e o SEMrush (pago) são seus principais aliados nessa tarefa.
  • Vincule palavras-chave a tipos específicos de conteúdo: escolha palavras-chave diferentes para vincular as páginas do seu site (produtos, blog, página inicial, etc). Também funciona se quiser inverter o processo e deixar que as palavras-chave indiquem quais são as páginas que devem ser criadas.

4) Otimização de páginas

  • Certifique-se de usar apenas uma tag H1 nas páginas do site: as tags H1 costumam ser usadas para os títulos ou para as mensagens mais importantes de uma página. Portanto, devem conter as palavras-chave mais relevantes do conteúdo exibido.
  • Os títulos das páginas devem ter, no máximo, 60 caracteres: caso contrário, aparecerá cortado nos resultados do Google. Por isso, coloque a sua palavra-chave principal logo no início e crie um título que seja capaz de chamar a atenção dos clientes.
  • A meta descrição deve ter, no máximo, 155 caracteres: tente colocar as palavras-chave principais logo no inicio da meta descrição da sua página. Além disso, ela precisa ser cativante para induzir a pessoa a visitar seu site.
  • Passe longe de frases e títulos criados automaticamente: seja único e destaque-se com um título de página e meta descrição exclusivos e autênticos. Mostre a essência da sua marca para realmente conquistar seu público-alvo.
  • Inclua uma palavra-chave na URL da página: transforme o título da página na URL a ser utilizada. Uma boa ideia é tentar diminuir o tamanho do texto e eliminar artigos e preposições, deixando apenas as palavras realmente relevantes.
  • Certifique-se de inserir alt tags e nomes de arquivo em todas as imagens que você usar: esse é um passo importante para que a sua loja também apareça como resultado no Google Imagens. Para isso, nomeie os arquivos de imagem de maneira descritiva (e não com nomes do tipo 5845984.jpg) e escreva alt tags que explicam o que está na imagem.

5) Links

  • Estabeleça uma estratégia para a construção de links: os mecanismos de buscas determinam se seu site é confiável a partir da qualidade dos links presentes na página. Uma boa solução para isso é estabelecer parcerias com influenciadores e outras marcas.
  • Analise os links e menções conquistados pela concorrência: o Explorador de Sites, da ferramenta paga Ahrefs, é um recurso interessante para isso, pois permite analisar os sites que estão redirecionando visitantes para as marcas que disputam espaço direto com a sua loja. Assim, você pode avaliar as razões pelas quais esses sites escolheram determinado concorrente.
  • Corra atrás de publicidade gratuita: uma forma de aumentar a procura pela sua loja é fazer com que outros sites falem sobre ela. Uma entrevista em um site especializado ou uma pequena menção em portal de notícias funcionam bem para atrair clientes em potencial.

6) Conteúdo

  • Planeje uma estratégia de marketing de conteúdo: esse é um processo que pode levar meses, mas você pode fazer pequenos exercícios para impulsionar a estratégia estabelecida. Faça um brainstorm para levantar as dúvidas mais frequentes dos seus clientes; mostre outras formas de aproveitar o produto (por exemplo: se vende panelas, dê dicas exclusivas de gastronomia) ou use a pesquisa de palavras-chave para criar conteúdos compatíveis com os termos de busca utilizados pelos clientes.
  • Páginas informativas e posts do blog devem ter cerca de 500 palavras: os conteúdos precisam ser claros e objetivos, além de ter um tamanho mínimo para ser considerado válido nos sites de buscas.
  • Escreva descrições divertidas e originais para os seus produtos: uma boa descrição de produto faz toda a diferença para atrair clientes. Elas precisam ser originais, com pequenos textos divertidos e leves, indicando os recursos exclusivos e os benefícios do produto.
  • Considere a possibilidade de incluir as avaliações de clientes sobre os produtos: elas te ajudam a construir uma identidade pública da loja e também oferecem conteúdos relacionados às páginas de produto, o que significa uma possibilidade ainda maior de conseguir um ranqueamento para palavras-chave longtail.
  • Use os redirecionamentos sempre que necessário: páginas inativas podem ser usadas como um caminho para o redirecionamento e levar os visitantes para uma outra página. Esse processo evita a decepção dos clientes com um link quebrado ou inválido e ainda cria uma nova possibilidade de compra.

7) Reputação da loja

  • Crie perfis públicos para a sua marca em outros canais, como Facebook, Twitter, Instagram e Pinterest: esteja nas plataformas mais populares entre os seus clientes e lembre-se de estabelecer uma boa estratégia de publicidade.

8) Outros fatores para o ranqueamento

  • Invista em templates responsivos para a sua loja: as páginas do seu e-commerce precisam ser compatíveis com celulares e outros dispositivos móveis. Títulos, imagens e textos precisam ser exibidos corretamente e se encontrar algum erro, corrija-o assim que possível.
  • Verifique o tempo de carregamento das páginas: esse é um fator muito importante para o ranqueamento de um site. Para descobrir o tempo de carregamento real das páginas da sua loja use o PageSpeed Insights.
  • Consulte o Guia para otimização de SEO do Google: nem tudo será aplicável no site da sua loja, mas vale a leitura, pois ele dá diretrizes estabelecidas pelo Google que são bastante relevantes e ajudam a evitar que o seu site seja penalizado por alguma prática considerada incorreta ou desleal.

9) A pesquisa faz parte da rotina

  • Faça buscas constantes do volume das palavras-chave: elas sofrem mudanças a todo tempo e sempre haverá alguma novidade ou alteração no volume das buscas. Acesse o Think With Google para conhecer as últimas tendências.

E então, pronto para fazer um bom trabalho de SEO no seu e-commerce? Nós, da AVANTI, somos especialistas em otimização de sites (SEO) e nos dedicamos a colocar sua empresa no topo dos principais buscadores, aumentando suas vendas a média e longo prazo.

Converse com a gente e entenda melhor o que podemos fazer para melhorar sua performance online! Clique aqui e entre em contato.

Compartilhe este post

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado.Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade.
Nunca enviamos spam!