Evolução, Loja Virtual, Marketing Digital, Tecnologia, User Experience

Beacon: Suas vantagens ainda são desconhecidas por empresas brasileiras

Apple, Macy’s e American Eagle são algumas empresas que apostam na tecnologia beacon como estratégia de marketing para alavancar as vendas. Os resultados obtidos pelas companhias comprovam o potencial da ferramenta, que estabelece a “Ponte UX” – ligação entre as experiências digitais e físicas do usuário. Apesar do sucesso alcançado nos mercados dos Estados Unidos e da Europa, o beacon ainda não decolou no Brasil. O que explicaria esse fenômeno?banner1-postblog-5

Em primeiro lugar, é importante entender como funciona o beacon, nome simplificado para o indoor proximity system(sistema de proximidade em ambientes fechados). O hardware detecta, por exemplo, o smartphone ou a pessoa que o carrega. Utiliza a tecnologia Bluetooth Low Energy para localizar o dispositivo, enviando um número identificador. Para isto, basta que o usuário instale um aplicativo no smartphone, tablet ou wearable.

Utilidade
O beacon pode desencadear dois tipos de ação:

  • Passiva – simplesmente armazena a informação de que houve a conexão. Exemplo: o usuário entra em uma loja de material esportivo e passa pela gôndola de tênis de corrida e esse dado é armazenado.
  • Ativa – a informação é registrada e processada. Ao passar pela gôndola de tênis de corrida, o cliente recebe em seu dispositivo uma notificação (cupom de desconto, informações sobre um determinado produto ou anúncio de oferta especial).

As aplicações do beacon beneficiam desde o varejo até grandes eventos, museus ou mesmo o cotidiano familiar. A Nívea montou uma ação de marketing baseada na ferramenta. Ela distribuiu encartadas em revistas uma pulseira para a criança usar na praia. Elas traziam o beacon. Bastava fazer o download do aplicativo e o usuário conseguia monitorar o pequeno na praia, em um raio de até 40 metros – uma forma de reduzir o número de crianças perdidas.

No varejo, o sensor permite individualizar ações de abordagem do consumidor. Quando o usuário entra na loja, a partir do histórico de compras do cliente, são criadas promoções, ofertas ou notificações específicas para aquela pessoa. Alguém que tenha comprado um aparelho de som recebe um alerta sobre headphones em promoção. As possibilidades são infinitas!

Em grandes shows, quando encontrar o lugar definido no ingresso se transforma em um problema, a instalação de diversos beacons na área dá ao usuário a chance de seu guiado até o local correto. Tudo isso ocorre a partir de mensagens e alertas enviados diretamente para o smartphone da pessoa.

Por que o Beacon não decola?

As diversas vantagens e aplicações do beacon tornam ainda mais intrigante a seguinte questão: por que o Brasil utiliza tão pouco a tecnologia? Não há uma resposta, mas sim um conjunto de fatores que ajudam a compreender o quadro.

O primeiro deles se refere a uma característica técnica do beacon. Para que funcione, o usuário deve estar com o Bluetooth de seu dispositivo acionado. Uma pesquisa encomendada pela Apple apontou que apenas 12% das pessoas têm o hábito de manter o Bluetooth ligado. A solução, neste caso, é simples. Basta colocar placas na loja avisando que o usuário pode perder promoções e ofertas se estiver com a função desativada.

O segundo fator diz respeito ao perfil das empresas. Qualquer estratégia de marketing com uso de beacon requer que a organização conheça profundamente seu cliente. Dispor do histórico de compras; conhecer os resultados de pesquisa de produtos no site; identificar quais são as preferências de marcas, cores e modelos; saber qual a forma de pagamento mais utilizada e processar essas informações para antecipar desejos de compra são ações que formam a base do trabalho executado pelo beacon.

Quantas companhias brasileiras podem afirmar que conhecem a fundo o seu cliente? Essa debilidade, independentemente da adoção da tecnologia beacon, compromete o desempenho de vendas. Em um cenário de retração da atividade econômica e queda no faturamento, os empreendedores precisam aliar inovação tecnológica e ações de marketing. Quem souber aproveitar todo o potencial do beacon sairá em vantagem diante da concorrência.

Você já conhecia o beacon? Quer mais informações sobre a tecnologia? Entre em contato conosco. Vamos Avanti?

banner2-postblog-6

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Seu email não será divulgado.Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Respeitamos sua privacidade.
Nunca enviamos spam!